Reabertura em praias de Recife e região ocorre de maneira gradual

A medida do Governo de PE define que os municípios administrem o acesso a praias, parques e calçadões

Porto de Galinhas e região metropolitana de Recife (PE) estão retomando aos poucos, e com responsabilidade, as atividades turísticas. No último sábado (20.06), os locais deram início a primeira etapa da reabertura gradual da orla com liberação apenas para atividades esportivas individuais, horário pré-estabelecido – das 4h às 12h –, com o uso obrigatório de máscaras durante a permanência na areia, bem como o cumprimento das medidas de prevenção, distanciamento e higiene.

Nesta primeira fase estão proibidos o comércio de barracas, ambulantes e também a utilização de qualquer estrutura para permanência no local, como cadeiras, caixas térmicas e o banho de mar. A medida ocorreu após autorização dada pelo Governo do Estado para que os municípios disciplinem o acesso a praias, parques e calçadões.

A reabertura das praias de forma gradativa tem como foco o impulsionamento do turismo local e do estado de Pernambuco. Em maio, a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) estimou que o setor de turismo no país acumulou perdas de R$ 62,5 bilhões desde o início da pandemia do novo coronavírus, em 11 de março.

Edição: Rafael Brais

Low cost apresenta plano para atuar no mercado doméstico do Brasil

JetSMART, que já opera linhas internacionais para o país, mira voos internos

O Brasil pode ter, em breve, a primeira empresa aérea low cost operando voos domésticos. A JetSMART, que já oferece voos entre Chile, Argentina e Brasil, apresentou à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) um plano de operação no mercado interno de aviação comercial. O importante anúncio vai ao encontro das expectativas para a futura retomada do setor após a pandemia de Covid-19 e a priorização, pelos turistas, das viagens nacionais.

A JetSMART, companhia sul-americana fundada pela empresa de capital privado Indigo Partners, mantém operações no Chile, Argentina e Peru. A empresa confirmou à Reuters a intenção de operar voos domésticos no Brasil. Outras três aéreas do gênero já atuam no Brasil em linhas internacionais: a argentina Flybondi, a norueguesa Norwegian Air e a chilena Sky Airline.

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, destaca que a possível operação de low costs no Brasil reforça o trabalho voltado ao aumento da conectividade aérea e à retomada do setor após a pandemia. “O estímulo à competitividade é uma das medidas para estimular a queda no preço das passagens. Entendemos que a retomada do setor será por meio de viagens nacionais e a chegada da JetSMART amplia a malha aérea e traz mais ofertas de baixo custo”, disse o ministro.

O CEO da JetSMART, Estuardo Ortiz, se comunicou por nota. “Embora a pandemia tenha reduzido substancialmente a demanda, ainda estamos analisando novas operações na região, apesar de seguirmos o formato e a velocidade da recuperação do mercado no Brasil e em outros países”.

Ministério do Turismo libera mais de R$ 32 milhões para obra em Petrolina (PE)

Durante visita à cidade, Álvaro Antônio inaugurou a primeira etapa de revitalização do bodódromo

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, assinou nesta quinta-feira (25.06), a liberação de mais de R$ 32 milhões para a revitalização e modernização do Centro de Convenções de Petrolina (PE). Com o recurso, será possível, entre outras benfeitorias, a transformação do auditório principal do local em um teatro municipal, sendo um dos principais lugares para a disseminação da cultura na cidade. Ainda na ocasião, o ministro inaugurou a primeira etapa da revitalização do bodódromo, complexo gastronômico a céu aberto com restaurantes, lanchonetes e bares.

Para Álvaro Antônio, o Ministério do Turismo tem feito todos os esforços para desenvolver o setor no país. “Precisamos desta união de esforços entre governo federal e demais membros da Federação para realizarmos boas e grandes obras para o Brasil. Tenho certeza que essa será benéfica, tanto economicamente, quanto socialmente para a cidade de Petrolina”, disse.

O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, destacou a importância do recurso para o desenvolvimento de vários setores locais. “Depois de 25 anos, teremos a oportunidade de fazer uma reforma e ampliação do local. Esse recurso mostra como o governo federal tem o interesse de ajudar a desenvolver o interior do sertão do Nordeste. Isso vai fomentar o turismo, o negócio, a cultura e a tradição”, concluiu.

Após a assinatura da liberação do recurso, o ministro inaugurou a primeira etapa da revitalização do bodódromo de Petrolina, que contou com recursos de R$ 1 milhão do Ministério do Turismo. O montante possibilitou a ampliação do estacionamento e das calçadas, além de obras de acessibilidade. Ainda durante a agenda, Álvaro Antônio conheceu o Centro de Convenções e teve a oportunidade de conhecer as obras de revitalização da orla da cidade.

Mário Frias toma posse como secretário Especial da Cultura

Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, deu boas-vindas ao novo titular nesta terça-feira

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, deu posse na tarde desta terça-feira (23.06) ao novo secretário Especial da Cultura, Mário Frias. A partir de agora, ele será o responsável pela formulação de políticas, programas, projetos e ações que promovam o setor cultural no país. Sua nomeação já havia sido publicada na última sexta-feira (19.06) em edição extra do Diário Oficial da União (DOU).

Natural do Rio de Janeiro (RJ), Frias iniciou sua carreira de ator na década de 90, atuando em séries, novelas e filmes. Apresentou ainda programas de entretenimento na TV aberta, direcionados às famílias brasileiras. Dentre eles, um voltado para o turismo no país. Além disso, teve um breve trabalho na área musical, onde era vocalista e compositor da banda carioca de pop rock “Zona Zero”.

ADJUNTO – O secretário-adjunto da Cultura, Pedro José Vilar Godoy Horta, também tomou posse nesta terça-feira. Incorporada recentemente ao Ministério do Turismo com o intuito de fortalecer e integrar as duas áreas, a Secretaria Especial da Cultura tem a missão de promover o crescimento cultural, ampliar o acesso à cultura e fortalecer a economia criativa em todas as regiões do país, contribuindo para o desenvolvimento do Brasil.

Edição: Rafael Brais